Proposta comercial

Product request

You are looking for a solution:

Select an option, and we will develop the best offer
for you

What products are you interested in?

Please select one of the options to continue

Please select the products to continue.

In our response, we want to address you by name

Please fill in the field to continue.

No ads. Our manager will use this email address to contact you

Please fill in the field to continue.

Your regional manager will answer you

Please select the destination country to continue.

Enter the phone number and the manager will contact you

Please enter your phone number to continue.

Select a business field, and we will develop the best offer for you

Please choose a business field to continue.

Enter your company’s legal name

Please indicate your company name to continue.

Tell us about your project

Please Tell us about your project to continue.

0 / 800

Confirm the details

What products are you interested in?

Select an option, and we will develop the best offer for you

Please select one of the options to continue.

In our response, we want to address you by name

Please fill in the field to continue.

No ads. Our manager will use this email address to contact you

Please fill in the field to continue.

Enter the phone number and the manager will contact you

Please enter your phone number to continue.

Select a business field, and we will develop the best offer for you

Please choose a business field to continue.

Enter your company’s legal name

Please indicate your company name to continue.

Your regional manager will answer you

Please select the destination country to continue.

Tell us about your project

Please tell us about your project to continue.

By clicking on 'Submit', you confirm that you have read, understood, and accept our privacy policy.

Thank you
Your message has been sent.

Our manager will contact you as soon as possible.

No ads. We will use this address to contact you

Please fill in the field to continue.

We will provide information for your region

Please select the country to continue.

Confirm the details

What products are you interested in?

Select an option, and we will develop the best offer for you

Please select the products to continue.

No ads. Our manager will use this email address to contact you.

Please fill in the field to continue.

We will provide information for your quantity

Please fill in the field to continue.

We will provide information for your region

Please select the country to continue.

By clicking on 'Submit', you confirm that you have read, understood, and accept our privacy policy.

Thank you!
Your message has been sent.

Your request will be processed shortly.

Televisão pós pandemia

Televisão pós pandemia

A pandemia da COVID-19 teve um impacto poderoso sobre o mercado de televisão pela internet. Ao longo de vários meses, a indústria avançou anos à frente. Filmes agora estão estreando em serviços de streaming, o tráfego online aumentou substancialmente, e as operadoras ganharam muitos novos assinantes. Os eventos da primavera de 2020 definiram os rumos da indústria nos próximos 5 anos.

Tráfego de internet aumentando

Com as pessoas ficando em casa, o engajamento com o entretenimento caseiro aumentou na Europa e nos EUA. Os usuários pararam de viajar, começaram a adiar compras caras como relógios ou joias, e começaram a cozinhar e assistir mais TV. Em Março, telespectadores Austríacos e Espanhóis já estavam consumindo 50% mais conteúdo que anteriormente.

 

Em Maio de 2020, o tráfego pelos celulares aumentou em 47% ano a ano nos EUA, o tráfego em Tvs smart em 60%, e o tráfego por tvs box/dongle em 39%.

Fonte: Comscore

 

Televisão pós pandemia

Serviços de streaming aumentaram a compressão para evitar sobrecargas nas redes. Em março de 2020, alguns governos e ISPs (Provedores) pediram que o Netflix reduzisse seu tráfego temporariamente, e ele conseguiu uma otimização de 25% sem sacrificar a resolução dos vídeos e a qualidade do serviço.

 

Filmagens pararam ao redor do mundo

Entre março e maio, todos os cinemas ao redor do mundo fecharam as portas, e as filmagens foram suspensas para todos os projetos de filmes e programas de TV. Novos conteúdos cada vez mais estrearam em serviços de streaming, enquanto as equipes de roteiro, dublagem e pós produção estavam operando remotamente.

 

A Universal Pictures lançou seu filme “Emma” e alguns outros em serviços de streaming, e o filme “Onward” da Picar estreou no Disney+.

 

Essa parada abrupta nas filmagens teve um grande impacto para milhões de pessoas, não somente atores e equipes de filmagem, mas também eletricistas, motoristas, além de outros trabalhadores da indústria cinematográfica. Mais de 120,000 pessoas perderam seus empregos somente em Hollywood.

 

Em abril, o Netflix converteu parte da sua equipe para o trabalho remoto e contratou 2.500 especialistas em suporte técnico para manter a qualidade do seu serviço ao consumidor.  A produção foi paralisada para todos os projetos de filmes e TV atuais. Ainda assim, roteiristas, dubladores, pós-produção, e equipes de efeitos visuais já estavam trabalhando em duzentos novos projetos. 

 

Os cinemas fecharam, mas a indústria cinematográfica perseverou. Serviços de streaming tornaram-se o destino principal para as estreias, mas muitos filmes foram adiados por meses ou até mesmo anos.

 

O conteúdo esportivo fica mais escasso

A maioria dos jogos e campeonatos foram cancelados ou remarcados, então os telespectadores ficaram ávidos por conteúdo esportivo. As operadoras estavam transmitindo jogos sem público, e gravações dos eventos do ano passado.

 

Quando o número de casos confirmados de COVID-19 chegou a 11,4 milhões no mundo todo, as Olimpíadas de Verão de 2020 em Tóquio foram adiadas. O Comitê Olímpico Internacional e o então Primeiro-Ministro do Japão Shinzō Abe concordaram que seria melhor realizá-los em 2021

.

A Federação Internacional de Tênis anunciou que metade do seu pessoal foi dispensado por conta do coronavírus, e 900 jogos ao redor do mundo foram adiados.

 

Após dois meses de incerteza, a Liga de Futebol Alemã teve seu campeonato Bundesliga sem público.  Corridas de Fórmula 1 na Austrália, Hungria e Azerbaijão também foram realizadas em frente a arquibancadas vazias.

 

Conforme o conteúdo esportivo novo foi ficando mais escasso, muitas operadoras de TV paga começaram a passar reprises. A Amazon Prime ofereceu gravações de 30 jogos de Baseball da Major League de 2019, e quase 80 partidas de basquete Hardwood Classics para seus assinantes Prime nos EUA, sem custos.

 

O público ainda clamava por esportes, então operadoras grandes e pequenas irão continuar com as reprises até que a pandemia acabe.

 

Serviços de streaming transmitem notícias

Muitos assinantes de streaming têm abandonado a TV linear, usando-a somente para assistir as notícias. Mais de 45% dos assinantes da Hulu não assistem TV a cabo e por satélite, preferindo assinar somente serviços de streaming. Para que todos seus usuários pudessem se atualizar com as notícias, o serviço adicionou o canal ao vivo ABC News a todos os seus planos, de graça, em Março de 2020.

 

Em Abril, a Amazon Prime adicionou à sua oferta a CBS News, um canal de notícias 24/7, e também mais de 30 programas e filmes grátis da HBO. O conteúdo está disponível a todos os usuários da Amazon nos EUA e não requer assinatura Prime. Tudo que precisa e entrar na sua conta Amazon.

 

As operadoras estão estendendo seus planos de serviços e adicionando conteúdo grátis. Desta forma, elas cultivam a lealdade dos clientes e se mantém competitivas na sua luta pela audiência, que é especialmente importante nos saturados mercados Estadunidense e Canadense.

 

Modelo SVOD permanecerá dominante até 2025

O influxo de assinantes devido à quarentena excedeu as expectativas dos serviços de streaming. No Q1 de 2020, o Netflix projetava atrair 7 milhões de novos assinantes, mas os números dobraram por conta da pandemia. O crescimento foi morno na América do Norte, com a maioria dos novos assinantes vindo da Ásia e Pacífico.

 

Televisão pós pandemia

SVOD permanecerá o principal modelo de monetização no mercado ao longo dos próximos cinco anos. Ele representará 58% da renda dos serviços de streaming até 2025. Projetos AVOD estão crescendo rapidamente, mas levará tempo para que este modelo se torne tão difundido.

 

Ao contrário do AVOD, o modelo de assinaturas atenderia ambas as grandes operadoras e as locais. Assinaturas garantem renda estável, previsível e escalonável para os negócios. Operadoras locais nunca usam o modelo baseado em publicidade, porque requer um número substancial de visualizações.

 

Operadoras de streaming que usam o modelo baseado em publicidade atraem usuáios muito mais rapidamente que serviços baseados em assinaturas. De janeiro a abril de 2020, o público dos serviços SVOD cresceu 5% e o dos AVOD 9% nos EUA.

Fonte: Comscore

 

O distanciamento social alavancou o mercado SVOD da Europa Ocidental. A previsão é que os ganhos, movidos principalmente movidos pela pandemia, cheguem a 45 milhões de assinantes por lá em 2020. Espera-se que o número de telespectadores de SVOD chegue a um total de 197 milhões em 2025, o dobro do nível de 2019.

 

Televisão pós pandemia

 

Os cinemas irão se recuperar, mas terão ainda mais dificuldade em competir com os serviços de streaming. Cada vez mais conteúdo irá estrear online, então os assinantes poderão desfrutar dos últimos lançamentos no conforto de suas próprias casas.

 

Mercado IPTV deverá crescer

Mais assinantes irão trocar a televisão por satélite ou cabo pela IPTV, com a pandemia sendo um grande fator contribuidor. Hoje em dia o público está cada vez mais disposto a abrir mão da TV tradicional em favor da IPTV.

 

Até 2025, estima-se que mais de 1 bilhão de lares terão feito a troca para a TV paga. Os serviços de IPTV aumentarão suas bases de usuários para 84 milhões ao longo dos próximos cinco anos, expandindo sua parcela para 37%. A TV por satélite perderá 4 milhões de assinantes, sua parcela diminuindo de 21% para 20%, enquanto a TV a cabo diminuirá para 47%.

 

Em 2025, haverá 391 milhões de usuários de serviços de IPTV. No último ano, o volume deste mercado foi estimado em $40,85 bilhões, e até 2025 este número aumentará para 104,25 bilhões. O mercado de IPTV está crescendo 16,9% anualmente.

Fonte: Mordor Intelligence.

 

Operadoras de IPTV continuam a expandir suas ofertas de serviços. Agora, elas incluem TV linear, VoD, telefonia, vigilância por vídeo, e até mesmo Casas Inteligentes. E essa estratégia atrai novos assinantes, enquanto que as operadoras a cabo e por satélite não conseguem oferecer nada parecido.

 

A pandemia mudou a indústria de IPTV/OTT para a melhor, com ambas operadoras globais e locais prosperando. A COVID-19 causou um aumento no tráfego online e o fechamento de cinemas. As filmagens pararam no mundo todo. Serviços de streaming tiveram que passar reprises de eventos esportivos e começaram a oferecer mais canais de notícias aos seus assinantes. Enquanto isso, SVOD permanecerá o principal modelo de monetização, e o mercado IPTV terá ganhos substanciais ao longo dos próximos 5 anos.

Recommended

Televisão pós pandemia

Para que servem os codecs de vídeo

Descubra por que vídeos precisam ser comprimidos, como surgiram os codecs, porque vídeos em 4K e 8K são altamente dependentes deles, e qual é o futuro da tecnologia de compressão de vídeos.

Televisão pós pandemia

Quais controles remotos os assinantes e as operadoras precisam?

Nós lhe diremos que tipo de controle remoto os assinantes preferem, qual é o mais adequado para os dispositivos das operadoras, e as tendências mais importantes na fabricação e design.

Televisão pós pandemia

“Telepatia” de rede neural: como recomendações personalizadas ajudam os telespectadores e as operadoras

A revista Americana Time nomeou 2020 como o pior ano de todos os tempos, mas isso não foi verdade para as grandes gigantes do streaming: As ações da Netflix, Amazon, e Disney bateram todos os recordes em 2020 e continuam a crescer.

Privacy Policy

This Privacy Policy will be effective as of May 25, 2018.

What This Policy Covers

We respect the confidentiality of your personal data and take measures to safeguard it. This Policy describes the information we collect, how we use that information, our legal basis for doing so, and your rights regarding the information we collect. We also use cookies and similar technologies, as described in our Cookie Policy, which is an integral part of this Privacy Policy.

We use cookies in order to optimise our website, provide you with the best possible user experience and help us promote our products. Please read our Cookie Policy to find out how we use cookies and how you can control cookies.
By using this website or closing this message, you acknowledge our Privacy Policy and agree to our use of cookies as described in our Cookie Policy.